Com Moisés, MDB realiza comício em Cocal do Sul

Com Moisés, MDB realiza comício em Cocal do Sul

Na presença de Carlos Moisés (Republicanos) e Udo Döller, candidatos a governador e vice, e também do candidato a senador, Celso Maldaner, junto ao seu 2º suplente, Edinho Bez, a coligação Santa Catarina em Primeiro Lugar reuniu mais de mil pessoas no Centro de Eventos de Cocal do Sul. Nesta noite de segunda-feira, 12, a multidão se juntou no comício com cartazes, adesivos e bandeiras.

Além dos candidatos pela Majoritária do MDB, subiram ao palco os candidatos à Câmara Federal, Luiz Fernando Vampiro e Cynthia Etchandy (Republicanos) — o assessor Jamil Ronconi representou a candidata Ada de Luca — e os candidatos à Assembleia Legislativa, Volnei Weber, Tiago Zilli, Biriba e Paulinha (Podemos). Ademais, prefeitos de municípios vizinhos também compareceram em peso ao comício.

Em discurso, Moisés falou sobre as mudanças que promoveu em sua gestão, entre elas, a extinção de uma aeronave exclusiva para uso do governo. “Não são mais os bombeiros que andam no avião do governador, é o governador que utiliza um dos três aviões do Corpo de Bombeiros: aeronaves que transportam órgãos para transplante por todo o estado”, exclamou Moisés.

Por sua vez, o candidato a vice-governador, Udo Döller, destacou a seriedade no trabalho do executivo e disse que Moisés “é gente como nós todos, alguém que tem a simplicidade no sangue, fez muito por Santa Catarina e vai continuar fazendo”.

Candidato a senador e presidente estadual do MDB, Celso Maldaner, defendeu a candidatura majoritária: “Eu estou na minha décima eleição. Nunca perdi uma. Mas se não for votar em Moisés, nem precisa votar em mim. É Celso no Senado junto com Moisés no Governo”.

Segundo suplente de Maldaner ao Senado, Edinho Bez destacou o trabalho de base do MDB para vencer as eleições.“Um evento deste tamanho só mostra a força que o MDB tem em Santa Catarina. Somos um time de garra. O MDB unido jamais será vencido”, disse o ex-deputado federal e atual vice-presidente do MDB/SC.

Anfitrião da noite, o prefeito de Cocal do Sul, Fernando de Faveri, enalteceu o sucesso do comício na cidade. “É de arrepiar essa multidão. O povo vai pra rua porque quer reeleger Moisés governador. No dia 2 de outubro temos duas opções: ou voltamos ao jeito velhaco de fazer política, ou elegemos o governador mais municipalista da história de Santa Catarina”, frisou Faveri.

Compartilhe este post

Menu